MENU

30/04/2020 às 12h57min - Atualizada em 30/04/2020 às 12h57min

Vereadora de Presidente Kennedy e assessora são detidas com envelope com suspeita de dinheiro falso

Da Redação
Foto: Imagem cedida pelo Kennedy em Dia
A vereadora de Presidente Kennedy, Mirian Jesus de Faria (Mirian de Baldo) e uma assessora foram conduzidas a Polícia Federal em Cachoeiro de Itapemirim para prestar esclarecimentos sob a suspeita de portarem notas falsas de dinheiro.

Segundo informações, a assessora foi abordada com um envelope que tinha acabado de pegar nos Correios. Ao ser detida, disse que foi pegar o envelope a pedido da vereadora, que disse que sua irmã que pediu.

Os Correios notificaram a Polícia sobre um envelope suspeito após passar por um scanner em um dos centros de distribuição da estatal.

O Polícia Civil monitorava o pacote. A operação foi em conjunto com a Polícia Militar.

A Polícia Federal fará perícia nas notas.

Portar notas falsas é crime e está previsto no parágrafo 1º do artigo 289 do Código Penal. Pela lei, portar dinheiro falso em qualquer quantia é crime, mesmo que as cédulas não cheguem a ser colocadas em circulação, e ainda, pode gerar pena de 3 a 12 anos de reclusão.

Fonte: Kennedy em Dia

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Sugestões
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp