MENU

22/06/2020 às 13h05min - Atualizada em 22/06/2020 às 13h05min

Demanda por depilação a laser cresce no inverno

Da Redação
 

Os pelos têm funções importantes no corpo, desde proteção ao funcionarem como uma barreira física para impedir a entrada de agentes nocivos por orifícios (como nariz e ouvido), até a regulação da temperatura corporal.

Mas mesmo tendo essa importante função, a maioria das pessoas prefere se livrar dos pelos em determinadas regiões do corpo, como axilas, virilha, pernas, buço. Por questões culturais, a depilação é sinônimo de higiene e, por esse motivo, seus diversos métodos são bastante utilizados.

Dos mais diferentes tipos de depilação, a duradoura tem tido uma demanda crescente nas clínicas de estética. A depilação a laser tem sido responsável por uma grande parcela desse mercado de estética, que movimenta 31 bilhões de reais por ano, segundo a Associação Brasileira de Franchising - ABF e teve um crescimento de 9,2% só no 1º trimestre de 2019, ainda segundo dados da ABF.

Para quem quer recorrer à depilação a laser, o inverno é a época ideal para começar o tratamento, não é à toa que demanda cresce 60% nesse período. Embora possam ser realizadas em qualquer época do ano, as baixas temperaturas do inverno fazem com que essa estação seja ainda mais propícia para a realização das sessões.

No inverno as pessoas ficam menos expostas aos raios solares, já que o sol não é tão intenso e as roupas usadas cobrem mais o corpo. Isso é um ponto positivo já que para realizar o tratamento o paciente deve permanecer um tempo sem ser exposto ao sol, antes e depois da sessão.

Além disso, nessa estação as pessoas não se bronzeiam, o que faz com que a pele fique menos sensível e a cor dos pelos contrastem mais com a cor da pele, ficando mais visíveis e facilitando para que somente o pelo atraia a luz do laser.

A depilação a laser funciona emitindo energia luminosa que é direcionada para a “raiz” do pelo, onde é atraída pela melanina ali presente e transformada em energia térmica. Essa elevação da temperatura é suficiente para enfraquecer e destruir as células germinativas, responsáveis pelo crescimento do fio, impedindo que ele volte a crescer. Como a luz é absorvida somente pela melanina do pelo, o tratamento não danifica a epiderme e preserva os tecidos circundantes.

Embora conhecida como definitiva, é incorreto se referir assim à depilação a laser. Isso porque, por mais que os resultados sejam prolongados e duradouros, fatores hormonais podem contribuir para que alguns pelos voltem a nascer, mesmo que em menor quantidade e mais finos. Por isso, são indicadas sessões de manutenção após o fim do tratamento.

Com a demanda crescente pela depilação a laser, surgiram no mercado vários equipamentos e tecnologias com esta finalidade. Além de outras características técnicas, o que os diferencia é a tecnologia utilizada para a remoção dos pelos, que se diferem por seu comprimento de onda, ou seja, pela sua capacidade de penetração na pele.

Isso faz com que cada tecnologia tenha um resultado diferente de acordo com a característica do pelo. Por exemplo, o laser Alexandrite é mais eficiente em pelos claros e finos; o laser de Diodo em fios como de braços, pernas e barbas; já o laser ND-Yag é o que tem penetração mais profunda, sendo eficaz para pelos enraizados como de axilas e púbis.

O grande problema dos equipamentos comumente encontrados nas clínicas de estética, é que, geralmente, eles só possuem uma dessas tecnologias. O que faz com que não sejam eficientes para todos os tipos de pelo.

Mas pensando em resolver esse problema, a Body Health, empresa com know how na área de Medicina Estética, desenvolveu o laser Crystal 3D, que tem como grande diferencial possuir 3 tecnologias no mesmo equipamento: Alexandrite, Diodo e ND-Yag. Essa característica é quase uma exclusividade desse equipamento, já que no Brasil somente mais um aparelho tem esse benefício.

O tratamento com o Crystal 3D é bem confortável para o paciente, pois o equipamento possui um exclusivo sistema de resfriamento que causa um efeito anestésico na pele para receber o laser com mais conforto.

O número de sessões indicadas para o tratamento com o Crystal 3D irá depender da área a ser tratada, do tipo de pele e do ciclo do crescimento do pelo. Em média, são necessárias de 6 a 10 sessões, com intervalo entre 30 a 45 dias para que os pelos sejam completamente eliminados. O valor da sessão também varia de acordo com a área a ser tratada, tendo áreas como buço e axila um valor mais baixo e áreas maiores, como perna, um valor mais alto.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Sugestões
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp