MENU

27/07/2020 às 13h00min - Atualizada em 27/07/2020 às 13h00min

Queda acentuada de arrecadação assusta Secretaria de Finanças de Marataízes

Recuperação de ativos (cobrança) é uma das medidas que poderão ser tomadas pela administração.

Da Redação

A pandemia, que assola todo planeta, é a principal responsável pela queda acentuada de arrecadação, que já começa a preocupar a Secretaria de Finanças de Marataízes.

Elizeu Machado, titular da pasta, demonstrou sua preocupação com os números recentes e antecipou que alguma coisa precisa ser feita no sentido de reverter este quadro o quanto antes.

Segundo o secretário, desde o último mês de abril, quando as primeiras medidas restritivas começaram a ser colocadas em prática, os primeiros sinais de desequilíbrio fiscal já começavam a serem notados. Houve uma queda muito forte nas atividades comerciais devido ao fechamento de alguns ramos. Os primeiros a sofrerem foram os funcionários destes estabelecimentos, muitos demitidos. Depois foi verificado o encerramento de atividades de alguns empreendimentos, o que, com a extensão do período restritivo, acaba se transformando em uma verdadeira 'bola de neve'.

Ele também revelou a gigantesca queda no repasse dos royalties do petróleo, que de aproximadamente R$ 9 milhões em abril, caiu para pouco mais de R$ 4 milhões no mês de maio e passou para R$ 2,9 milhões em junho. O secretário lembrou também a baixa do barril de petróleo no mercado mundial como um desses fatores de redução dos royalties, assim como também lembrou da plataforma de Marataízes, que está há mais de três meses sem produzir devido ao surto de contaminação pelo covid-19 de seus petroleiros. 

Sobre quais as medidas que deverão ser tomadas para reverter o atual quadro ou até mesmo minimizar os efeitos desta crise financeira, Elizeu adiantou que esse assunto será discutido em breve.  Apesar de não antecipar o conjunto de medidas que deverão ser tomadas, confirmou que a recuperação de ativos é sim uma das alternativas.

Fonte: O Jornal Online

 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Sugestões
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp