MENU

25/11/2020 às 12h55min - Atualizada em 25/11/2020 às 12h55min

Governo do ES autoriza retorno das aulas presenciais nas escolas das cidades de Risco Moderado

Anúncio foi feito no início da tarde desta quarta-feira (25) pelo governador Renato Casagrande

Da Redação

 

O governador do Espírito Santo Renato Casagrande, anunciou, nas redes sociais, nesta quarta-feira (25), que as aulas presenciais nas escolas da educação básica estão autorizadas a voltar a partir desta quinta-feira (26) também nas cidades classificadas como Risco Moderado. De acordo com a regra anterior, as aulas presenciais poderiam acontecer apenas nas cidades de Risco Baixo para a transmissão da covid-19, de acordo com o Mapa de Risco criado pelo Estado.

A decisão acontece após protestos de pais de alunos e discussões entre instituições privadas e públicas do Estado que se posicionaram contra o fechamento temporário da escolas.

Segundo Casagrande, a abertura das escolas prevê um rigoroso protocolo sanitário que deve ser cumprido por alunos e funcionários.

Desde a última segunda-feira (23), por conta de mudanças na classificação de risco das cidades do Espírito Santo, as aulas presenciais foram proibidas de serem realizadas, temporariamente, em Vitória, Cariacica, Viana, Ecoporanga e Barra de São Francisco, pois estas cidades foram classificadas como Risco Moderado. 

Agora, com a mudança na regra, o funcionamento das escolas nestas cidades está novamente autorizado, até que um novo Mapa de Risco seja elaborado.

Em entrevista, o presidente do Sindicato das Empresas Particulares de Ensino do Espírito Santo (Sinepe-ES), Moacir Lelis, que participou de uma reunião com autoridades do governo e entidades públicas na última terça-feira (24), comemorou a notícia e reforçou que as escolas estão preparadas para receber de volta seus alunos.

"Estamos felizes, até porque as nossas crianças querem ir para a escola. E os pais continuam com a opção de decidir se vão enviar os filhos ou não. O que nós temos que pensar agora é que o conteúdo pedagógico a gente recupera, mas o emocional das nossas crianças, principalmente das mais novas, nós precisamos cuidar agora", completou o presidente do Sinepe.

Ainda segundo Lelis, a maioria das escolas particulares já deve abrir a partir de quinta-feira (26), seguindo os protocolos sanitários recomendados pelo governo e autoridades de Saúde.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Sugestões
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp