MENU

28/07/2021 às 10h20min - Atualizada em 28/07/2021 às 10h20min

Policiais da Força Tática fecham laboratório clandestino de produção de anabolizantes em Piúma

Da Redação
Fotos: Luciana Máximo

Duas viaturas abarrotadas de produtos foram apreendidos no laboratório clandestinoDuas viaturas abarrotados de produtos foram apreendidos no laboratório clandestino

Policiais Militares da 10ª Companhia Independente deflagraram nesta manhã (27) uma operação de cumprimento de mandado de busca e apreensão no município de Piúma, que culminou na prisão de um homem, que mantinha um laboratório clandestino de anabolizantes em pleno funcionamento em sua casa.

Após receberem informações de agentes da Polícia Federal, de que um homem estaria postando via correios da região frascos de origem duvidosa, foi realizado um levantamento pelo serviço de inteligência da unidade, que localizou a residência do indivíduo e acompanhou algumas de suas ações. Após constatarem o fato, os policiais levaram ao conhecimento da Polícia Civil de Piúma, que prontamente solicitou junto ao judiciário um mandado de busca e apreensão no local indicado.

 Nesta manhã, policiais do serviço de inteligência prosseguiram ao local, juntamente a uma equipe da Força Tática e encontraram no interior da residência, no bairro Jardim Maily, um laboratório de produção de anabolizantes, que contava com um grande aparato material para a manipulação dos ilícitos: centenas de substâncias anabolizantes, aproximadamente 1.500 frascos vazios para comercialização dos produtos, pacotes de caixas para envio, aparelho para lacrar caixas, milhares de rótulos, balanças e insumos em geral. Na casa, um homem foi detido, sendo o responsável por todo o material apreendido.

Consta ainda que o detido se utilizava de diversos nomes para a postagem dos produtos, que eram vendidos por ele pela internet. As postagens eram realizadas nos municípios de Piúma, Anchieta e Itaipava, para não levantar suspeitas.

“A Polícia Militar alerta a população para que esteja atenta quanto ao consumo de quaisquer produtos cuja procedência seja desconhecida, visto os inúmeros problemas graves de saúde que podem ocasionar. Friso ainda que o próprio detido relatou não ter coragem de consumir os produtos que manipulava”, enfatizou o comandante da 10ª Companhia Independente, Walter Francisco de Araújo Filho.

Todo material apreendido e um detido foram apresentados na delegacia de Polícia Civil de Piúma, para providências.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Sugestões
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp