MENU

15/11/2021 às 20h15min - Atualizada em 16/11/2021 às 00h00min

Ferroviária perde semi e adia sonho do tri na Libertadores Feminina

Atuais campeãs, Guerreiras Grenás perderam a vaga na final para o Santa Fe, da Colômbia. Decisão do título será com vencedora da outra semi (Corinthians x Nacional, do Uruguai).

Últimas Notícias
https://agenciabrasil.ebc.com.br/esportes/noticia/2021-11/ferroviaria-perde-semi-e-adia-sonho-do-tri-na-libertadores-feminina

O filme de 2020 se repetiu na Libertadores Feminina de 2021: um time colombiano eliminando o brasileiro detentor do título na semifinal, frustrando o sonho de um tricampeonato. Nesta segunda-feira (15), a vítima foi a Ferroviária, atual campeã sul-americana, derrotada pelo Independiente Santa Fe (Colômbia) por 4 a 2, nos pênaltis, após o empate por 1 a 1 no tempo normal, no estádio Manuel Ferreira, em Assunção (Paraguai).






Na edição anterior, quem viveu trajetória semelhante foi o Corinthians. Campeão em 2019, o Timão caiu para o América de Cali (Colômbia), também nas penalidades. A goleira do time colombiano foi a mesma nos dois revezes brasileiros: Katherine Tapia.



A decisão será neste domingo (21), às 20h (horário de Brasília), no Parque Central, em Montevidéu (Uruguai). O Santa Fe espera o vencedor do confronto entre Corinthians e Nacional (Uruguai), que jogam terça-feira (16), às 17h30, no Manuel Ferreira. O perdedor encara as Guerreiras Grenás na sexta-feira (18), às 17h30, no estádio Arsenio Erico, em Assunção.



Apesar de mais presença ofensiva, a Ferroviária pouco incomodou a meta do Santa Fe. Aos 13 minutos, a meia Patrícia Sochor conduziu a bola na intermediária e arriscou de fora da área, forçando Tapia a se esticar no canto esquerdo para evitar o gol.






As colombianas se soltaram mais pouco antes do intervalo e conseguiram sair na frente. Aos 40, Liana Salazar foi derrubada na área pela volante Luana. A também meia Gisela Robledo cobrou e abriu o marcador, que quase foi ampliado nos acréscimos, em chute cruzado da meia Fany Gauto, na área, que a goleira Luciana salvou.



Na etapa final, as Guerreiras Grenás tentaram recuperar a imposição no ataque, por vezes de maneira desordenada, cedendo espaços para contra-ataques. Quando a partida parecia mais controlada pelo Santa Fe, as paulistas empataram em um golaço de Rafa Mineira. Aos 30 minutos, a meia cobrou falta com perfeição, no ângulo.



As colombianas tiveram a chance de responder cinco minutos depois, mas Luciana, frente a frente com Robledo, fez grande defesa. Aos 41, foi a vez de Tapia brilhar, espalmando, com a ponta dos dedos, uma batida colocada da atacante Raquel. Nos minutos finais, as equipes pouco se ameaçaram, levando o duelo para os pênaltis.



Ambas as equipes acertaram as duas primeiras batidas. Na terceira série, Robledo marcou para o Santa Fe e a lateral Monalisa teve o chute defendido por Tapia. A atacante Diana Celis fez o quarto das colombianas, obrigando Raquel a converter a cobrança para manter a Ferroviária viva, mas a brasileira acertou a trave, decretando o fim do sonho do tricampeonato das Guerreiras Grenás.




Fonte: https://agenciabrasil.ebc.com.br/esportes/noticia/2021-11/ferroviaria-perde-semi-e-adia-sonho-do-tri-na-libertadores-feminina
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Sugestões
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp