MENU

20/03/2020 às 10h54min - Atualizada em 20/03/2020 às 10h54min

Fique atento para identificar se seu filho está com alguma crise alérgica nesse período de volta às aulas

Da Redação
O carnaval chegou ao fim e, para muitos, é agora que o ano efetivamente começa. Com o período de volta às aulas é possível que as crianças acabem sofrendo com alguma crise alérgica que atacam a pele. A dermatologista Roberta Goltara dá dicas para identificar os principais casos.

Ela diz que “são comuns algumas dermatoses ocorrerem depois das férias. Geralmente elas são transmitidas pelo contato com as outras crianças nas escolas e creches. As mais comuns são pediculose ou piolho; molusco, impetigo; escabiose ou sarna”, alertou Roberta Goltara.A médica explica resumidamente quais são os principais sintomas de cada uma dessas dermatoses e, em caso de suspeita, procurar um médico dermatologista.

Pediculose ou piolho
Os piolhos são insetos que se alimentam de sangue. A transmissão ocorre pelo contato direto ou pelo uso de bonés, chapéus, escovas de cabelo, pentes ou roupas de pessoas contaminadas. Leva a coceira e pode ocasionar ferimentos no couro cabeludo.

Molusco
Infecção cutânea viral que resulta em inchaços redondos, firmes e indolores. A condição se espalha pelo contato com uma pessoa infectada ou um objeto contaminado.

Impetigo
Infecção bacteriana de pele altamente contagiosa que provoca feridas vermelhas com crosta e podem ter bolhas.

Escabiose ou sarna
Doença de pele contagiosa que provoca muita coceira, causada por um ácaro minúsculo. A sarna é contagiosa e se espalha rapidamente por meio do contato físico.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Sugestões
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp