MENU

24/07/2020 às 09h47min - Atualizada em 24/07/2020 às 09h47min

Compositor atinge mais de 400 milhões de views no YouTube e vira sócio de ídolo

Allan Lima, o compositor que emplacou vários sucessos no samba e virou sócio e empresário do cantor Suel

Da Redação

Com as transformações recentes na indústria musical, grandes mídias de rádio e TV tem dado lugar a novos serviços streaming e podcasts. Essa transformação tem dado oportunidades para novos artistas e compositores; facilitando seu acesso ao público, que tem crescido consideravelmente devido a grande quantidade de aparelhos com acesso a internet, bem como novos empresários e patrocinadores.

O músico carioca Allan Lima, nascido e criado em Bangu, na zona oeste do Rio de janeiro, sempre foi fascinado com o mercado da música e vem acompanhando de perto essa transformação. Desde os 11 anos ele já criava composições musicais e dizia “Ainda vou ouvir minhas músicas tocando nas rádios”. Para estudar o mercado assistia a shows e até entrava em filas de camarim. Ao lembrar desses episódios, comenta “Me lembro de ser o único homem na fila, em meio a multidão de fãs do sexo feminino. Já fui barrado na porta diversas vezes, mas meu sonho pela música sempre falou mais alto.”

Em 2005, conheceu o cantor Suel, integrante do grupo Imaginasamba na época. A afinidade entre os dois foi tanta, que Allan se tornou diretor musical da banda, viajando por todo o país em turnê durante 8 anos. A primeira composição da dupla “Me assume ou me esquece”, gravada em 2011 pelo Imaginasamba, foi um grande sucesso! Desde então, a dupla não parou de emplacar hits nas rádios. Músicas como “Fulminante” e “Fala” do cantor Mumuzinho, “Dependente” do Sorriso Maroto, “Três palavras”, gravada pelo cantor Ferrrugem, entre outros, onde somadas ultrapassam a marca de 400 milhões no YouTube. “Antes o termômetro de uma música era o número de vezes que ela tocava no rádio, hoje é a quantidade de views nas plataformas digitais”, diz o músico.

Longe dos palcos há pouco mais de um ano, Allan deixa de ser diretor musical para se tornar sócio-empresário do cantor Suel e dedicar mais tempo para suas composições e gestão de carreiras. Ele completa “Sou apaixonado por criações, ter ideias, pensar no que o público está pensando. E hoje pode fazer esse trabalho com um artista que eu sempre fui fã é muito gratificante!”.

Para os fãs que também gostam das músicas de Allan Lima, podem separar o lenço pois em 2020 já está garantido sucessos nos discos do grupo Turma do Pagode, Ferrugem, Suel e muito mais!

 
 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Sugestões
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp