MENU

31/01/2020 às 16h09min - Atualizada em 31/01/2020 às 16h09min

Oposição e mais 10 partidos se unem em “Frente Única” em Anchieta

Da Redação

Um grupo de 10 partidos formado por diversas lideranças apresentou na última sexta-feira (31), um projeto de gestão independente para o município de Anchieta. O anúncio da “Frente Única de Oposição em Anchieta”, aconteceu em uma coletiva de imprensa em Iriri.

Um manifesto em nome dos partidos foi lido pelo Coronel da Polícia Militar de Anchieta, Leonardo Marchezi, em que se faziam diversas críticas ao modelo de gestão do atual prefeito Fabrício Petri.  Nesta frente única de oposição estão três nomes: os vereadores Alexandre Assad (PRB) e Geovane Meneguelle (PSD) e o empresário Rodrigo Semedo (PP). Dentre esses três nomes deve sair um nome de consenso para disputar a prefeitura de Anchieta apresentando um modelo novo de gestão.

Além das três siglas (PSD, PRB e PP), foram apresentados os partidos que caminharão ao lado do grupo nessas eleições municipais, que estavam representados pelas seguintes lideranças: Adriana Moreira (PSL); Anderson Mesquita (Cidadania); Carlinhos (REDE); Coronel Marchezi (PTB); Dr. Jussimar (PRTB); Vereador Robson Mattos (AVANTE) e Vereador Zé Maria (Patriotas).

Mudanças

Geovane Meneguelle explicou o projeto e disse que é momento de mudanças. “Nós estamos tornando o público em união de vários partidos, tem 10 partidos, já estamos com outros, acredito que nos próximos dias iremos anunciar mais partidos que estarão neste projeto pra fazer frente de oposição ao atual governo. Nós não concordamos com a política do atual governo, principalmente essa antiga política de deixar recurso guardado, dinheiro guardado para só no ano de eleições fazer obra, isso já não cabe no dia de hoje”, falou.

Saúde
Ainda de acordo com Geovane “O governo se inicia no primeiro dia e isso causou uma grande frustração e um grande prejuízo à população anchietense. Muitos serviços foram prejudicados, muitos serviços foram cortados de formas desnecessárias. Este grupo se uniu para definir um único candidato, mas o propósito do projeto e o objetivo é a qualidade de vida do povo de Anchieta e todos nós estamos preocupados para que Anchieta tenha dias melhores, que se tenha uma política pública forte pra gerenciar a saúde, que está muito ruim. Esse grupo tem esse propósito e esse objetivo que vai de frente ao atual governo pra discutir políticas públicas que venham a melhorar a qualidade de vida do povo de Anchieta”, finalizou.

Insatisfação

O vereador Alexandre Assad ressaltou a união de três potenciais pré-candidatos num projeto de unificação que prega a mudança no modelo de gestão que vem sendo praticado no município. “A insatisfação geral da população com o atual governo é grande e diversas áreas, incluindo a saúde, é caótica, a educação apesar do empenho dos profissionais que ali estão, não tem sido satisfatória por falta de apoio do executivo. Anchieta tem que avançar muito na diversificação da economia pra gerar emprego e renda, um problema sério que temos hoje, a falta de empregabilidade, são desafios que tenho certeza que esse grupo aqui tá preparado pra conduzir o município nos próximos anos”, afirmou.

Para todos
O advogado Rodrigo Semedo, que é novo na política também aposta nessa união para mudar os rumos de Anchieta. “Com o passar do tempo vi que a política de Anchieta não mudava. Através de reclamações das pessoas quanto à educação e saúde, muitas falhas e após isso veio empresários que quiseram se sediar em Anchieta não encontrarem portas abertas. Foi nisso que decidi encarar a política porque tem que ter alguém pra bater de frente. Senão vai continuar do jeito que está e Anchieta vai continuar sofrendo muito com as políticas antigas e nunca uma política pública voltada à população. Nosso objetivo é uma política voltada para todos e não para grupos”, explicou.

 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Sugestões
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp