MENU

20/04/2020 às 09h37min - Atualizada em 20/04/2020 às 09h37min

Destinação correta de resíduos e boa utilização das redes de esgoto são cuidados importantes na quarentena

Da Redação

Diante da pandemia de Covid-19, a recomendação dos órgãos sanitários e das autoridades médicas é para que as pessoas evitem aglomerações e deslocamentos que não sejam essenciais, no sentido de evitar a transmissão do vírus. A mudança na rotina, com as pessoas ficando mais em casa, em quarentena, e o aumento dos cuidados com a higiene pessoal e limpeza podem acarretar também no crescimento do descarte incorreto de resíduos, com prejuízos à eficiência operacional do sistema de esgoto sanitário.
 
“As redes de esgoto não foram projetadas para transportar lixo ou outros resíduos indevidos, como cotonetes, fio de cabelo e restos de óleo de cozinha. A utilização incorreta da rede pode comprometer o sistema e trazer transtornos a todos”, afirma o gerente Operacional da BRK Ambiental em Cachoeiro de Itapemirim, Jocimar de Assis Alves.
 
O gerente destaca que resíduos erroneamente destinados para a rede de esgoto podem gerar entupimento das ligações ou das redes, extravasamento das tubulações e até o retorno do esgoto para dentro dos próprios imóveis. “Sabe aquele resto de comida que foi jogado na pia da cozinha? Ou o óleo lançado no ralo? E aquele papel higiênico descartado pelo vaso sanitário? Tudo isso, de forma gradual, pode comprometer o funcionamento da rede de esgoto”, afirma.
 
Mensalmente, a BRK Ambiental em Cachoeiro recolhe aproximadamente 20 toneladas de resíduos das redes coletoras de esgoto do município, entre eles restos de comida, fios de cabelo, fio dental, preservativos, cotonetes, guimbas de cigarro, absorventes, sacolas plásticas e, até mesmo, fraldas descartáveis.
 
“Estamos orientando sobre cuidados simples que a população deve ter, que podem fazer uma grande diferença para o bom funcionamento dos serviços de saneamento da cidade. O uso correto do sistema de esgoto deve ser um hábito e, principalmente, um compromisso de todas as pessoas”, explica Jocimar de Assis Alves.
 
Por prestar um serviço essencial de saneamento no município, a BRK Ambiental mantém sua rotina operacional, adotando uma série de medidas de prevenção para as equipes de campo e para o cliente. “O trabalho desses profissionais é fundamental, e neste período de pandemia, o descarte correto e outros cuidados da população ajudam a reduzir a necessidade de manutenções. Consequentemente, diminui a circulação das equipes de trabalho nas ruas, contribuindo para a preservação da saúde de todos”, reforça o gerente Operacional da BRK Ambiental.
 
Como evitar problemas nas redes de esgoto:
 
- O óleo de fritura, depois de utilizado no preparo dos alimentos, deve ser armazenado em garrafas plásticas e entregues a pontos de coleta que farão o recolhimento deste resíduo e sua destinação para empresas que o adotam como matéria-prima.
 
- Para evitar transtornos com as tubulações de esgoto dentro dos imóveis, a recomendação é fazer uso das caixas de gordura e mantê-las sempre limpas.
 
- Todo imóvel deve ter uma caixa de inspeção ou Terminal de Inspeção e Limpeza (TIL) acessível, na calçada ou próxima a ela, para que seja possível identificar problemas no esgotamento e para realizar a manutenção das ligações de esgoto.
 
- Todo imóvel deve manter separada a rede de esgoto das tubulações de água pluvial (água de chuva).
 
- Em casos de entupimentos, extravasamentos ou retornos de esgoto, a população pode comunicar a empresa por meio dos canais de atendimento remotos, como o telefone gratuito 0800 771 0001 e o site 
www.brkambiental.com.br, que funciona 24h, ou pelos perfis da empresa nas redes sociais.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Sugestões
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp