MENU

06/05/2020 às 09h55min - Atualizada em 06/05/2020 às 09h55min

Anchieta: MPES investiga esposa vereador por receber salários indevidos da prefeitura

Da Redação

O Ministério Público Estadual (MPES) instaurou inquérito contra Celeidi de Amorim, esposa do vereador de Anchieta, Professor Robinho (Avante), por recebimento de salários indevidos da Prefeitura na gestão anterior.

Segundo consta na Portaria PA MPES Nº 2020.0007.9005-64, Celeidi foi chefe de RH na gestão passada, do então prefeito Marcus Assad, em cargo comissionado. Nos meses de setembro e dezembro de 2013 e nos meses de janeiro, novembro e dezembro de 2014 recebeu indevidamente remuneração por horas extras, o que é vedado por lei, caracterizando ato de improbidade administrativa.

Em um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), a esposa do vereador Professor Robinho se comprometeu a devolver aos cofres públicos do município de Anchieta o dinheiro recebido indevidamente, corrigido com data de 16 de março de 2020, de acordo com a tabela do Poder Judiciário, acrescidos de juros e correção monetária.

Participe do nosso grupo de whatsapp exclusivo de notícias e vagas de emprego clicando aqui

Nos bastidores da política anchietense corre a notícia de que o parlamentar queria o fim do processo contra a esposa após ela ter firmado um TAC. Mas o MPES deve dar segmento ao procedimento preparatório Nº 2019.0030.9645-57.

Por telefone, o vereador limitou-se a dizer que a esposa já efetuou a devolução do dinheiro recebido indevidamente.

Fonte: Aqui Notícias


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Sugestões
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp