MENU

04/02/2021 às 15h13min - Atualizada em 04/02/2021 às 15h13min

Anchieta adere ao Programa Cidade Empreendedora

Da Redação

A Prefeitura de Anchieta firmou nesta quarta-feira (03) a participação ao Programa Cidade Empreendedora, que tem como objetivo transformar a realidade econômica dos municípios a partir do empreendedorismo, oferecendo um conjunto de ferramentas e soluções efetivas para reduzir a burocracia, gerar emprego, renda e oportunidades. O programa é desenvolvido pelo Serviço de Apoio às Micro e Pequenas (Sebrae-ES) em parceria com a Agência de Desenvolvimento das Micro e Pequenas Empresas e do Empreendedorismo do Estado (Aderes).

A adesão do município aconteceu durante uma reunião realizada no gabinete do prefeito Fabrício Petri, juntamente com alguns secretários e gerentes municipais e representantes do Sebrae e da Aderes.

O programa está estruturado em nove eixos de trabalho, sendo: Gestão Pública Empreendedora, Desburocratização, Educação Empreendedora, Compras Governamentais, Salas do Empreendedor, Inovação, Inclusão Produtiva, Projetos Especiais e Desenvolvimento Territorial.  A iniciativa é voltada para a gestão pública, capacitando prefeito, gestores e servidores por meio de treinamento para que possam seguir com o projeto e aplicar com o propósito de desenvolver o ambiente empreendedor no município.

Conforme o Sabrae-ES, o município só poderá ser considerado uma Cidade Empreendedora quando cumprir todas as etapas do programa. Agora, após a adesão de Anchieta, será feito um diagnóstico interno da administração municipal e o resultado indicará as soluções e ações voltadas para cada segmento. “O Cidade Empreendedora é uma iniciativa única no Espírito Santo. O objetivo é conectar o dono de um pequeno negócio com a gestão pública e o agente de desenvolvimento local”, destacou o superintendente do Sebrae, Pedro Rigo. 

Já o diretor-presidente da Aderes, Alberto Gavini, enfatizou que a iniciativa veio para superar as dificuldades provocadas pela pandemia. “O Programa vem em um momento propício, pois vai oportunizar a capacitação necessária para que os prefeitos e seus técnicos possam superar as dificuldades econômicas provocadas pela pandemia do novo coronavírus (Covid-19), bem como os reflexos sociais”, pondera.

Conforme o prefeito Fabrício Petri, o programa veio em boa hora e irá promover o desenvolvimento econômico de Anchieta com o apoio da gestão pública, fortalecendo os micros e os pequenos empresários. “Os eixos do programa fazem parte das nossas metas de gestão e estão relacionados ao Programa Anchieta Criativa e Empreendedora. Com ele, vamos aperfeiçoar nossos fluxos. Quem quer empreender e colaborar com o desenvolvimento econômico de Anchieta terá no poder público esse amparo e as ferramentas necessárias para colocar isso em prática”, disse o prefeito.

Ao assinar o termo de compromisso e adesão ao programa, a Prefeitura de Anchieta se comprometeu a buscar melhorias para influenciar e fortalecer a performance empreendedora da cidade. Na prática, o programa irá assistir os empreendimentos interessados por meio de um conjunto de consultoria por meio de cursos e conteúdos. Depois será possível mapear a evolução do empreendedor a partir do Programa, avaliar e auxiliar.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Sugestões
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp