MENU

05/02/2021 às 16h47min - Atualizada em 05/02/2021 às 16h47min

Justiça Eleitoral cassa diploma de Thiago Peçanha em Itapemirim

Da Redação
 

Nesta tarde de sexta-feira (05), o Juiz Eleitoral da 022ª zona eleitoral de Itapemirim-ES, Dr. Romilton Alves Vieira Júnior, emitiu a sentença para o processo que tramitava na Justiça Eleitoral acerca das condutas irregulares do prefeito de Itapemirim, Thiago Peçanha Lopes. A chapa do Dr. Thiago Peçanha foi cassada e o atual prefeito não poderá se candidatar nas duas próximas eleições. 

A ação contra o prefeito de Itapemirim e seu vice, Nilton César, foi movida pela coligação “Nosso Povo Nossa Missão. Unidos por um Itapemirim Melhor”, que reúne os seguintes partidos: PP, PSB, AVANTE, DEM, PSD, PODEMOS. Os representantes acusaram Thiago Peçanha de prática de conduta vedada e abuso de poder político. 

A Justiça Eleitoral resolveu declarar inelegível, por 08 anos a contar da data das eleições, apenas o Dr. Thiago Peçanha Lopes, cominando-lhe a sanção de inelegibilidade para as eleições a se realizarem nos oito anos subsequentes ao pleito de 2020. Ademais, o atual prefeito foi condenado a pagar multa fixada em R$ 25.000,00. 

O Dr. Nilton César, vice-prefeito, não foi declarado inelegível para as próximas eleições, uma vez que o mesmo não concorreu para a prática dos atos alusivos ao abuso de poder político. 

Veja o processo aqui.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Sugestões
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp