MENU

03/11/2021 às 08h00min - Atualizada em 03/11/2021 às 10h00min

Comissão de Educação realiza seminário sobre alfabetização no Brasil

Câmara
https://www.camara.leg.br/noticias/821825-comissao-de-educacao-realiza-seminario-sobre-alfabetizacao-no-brasil/
Hedeson Alves/Governo do Paraná
Um idoso escreve num caderno

Um idoso escreve num caderno

Cerca de 11 milhões de brasileiros com mais de 15 anos não sabem ler

A Comissão de Educação da Câmara dos Deputados promove um seminário virtual sobre alfabetização nesta quarta-feira (3).

O deputado Diego Garcia (Pode-PR), que propôs a realização do evento, afirma que há mais de 11 milhões de analfabetos estritos (que não sabem ler nem escrever) com mais de 15 anos no Brasil. O problema, ressalta o parlamentar, é ainda mais complexo quando o critério é a alfabetização funcional, isto é, a capacidade de ler e interpretar o que diz o texto.

"Testes cognitivos aplicados em 2018 em 2.002 pessoas residentes em áreas urbanas e rurais de todo o País verificou que 29% das pessoas podem ser consideradas analfabetas funcionais e que não superam o nível rudimentar de proficiência. A situação é tão crítica que, até entre a população com nível superior, o nível de leitura só é proficiente em 34%", afirma Garcia

Foram convidados para discutir o assunto com os parlamentares, entre outros:
- o secretário de Alfabetização do Ministério da Educação (MEC), Carlos Francisco de Paula Nadalim;
- o secretário de Educação Básica do MEC, Mauro Luiz Rabelo;
- a presidente da Câmara de Educação Básica do Conselho Nacional de Educação, Suely Melo de Castro Menezes; e
- a representante dos Fóruns de Educação de Jovens e Adultos (EJA) do Brasil Maria Luiza Pinho Pereira.

A reunião será realizada às 9 horas, no plenário 12.

Os interessados poderão acompanhar o debate, ao vivo, pelo portal e-Democracia, inclusive, enviando perguntas, críticas e sugestões aos convidados.



Fonte: https://www.camara.leg.br/noticias/821825-comissao-de-educacao-realiza-seminario-sobre-alfabetizacao-no-brasil/
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Sugestões
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp