MENU

16/11/2021 às 07h55min - Atualizada em 16/11/2021 às 10h00min

Comissão debate a cultura do breaking e do hip-hop no Centro-Oeste

Câmara
https://www.camara.leg.br/noticias/826302-comissao-debate-a-cultura-do-breaking-e-do-hip-hop-no-centro-oeste/
Divulgação/Sec. de Cultura do Mato Grosso
Audiência vai debater a regulamentação do breaking

A Comissão de Cultura da Câmara dos Deputados realiza nesta terça-feira (16) mais uma edição do evento Expresso 168, desta vez sobre a regulamentação do breaking no Centro-Oeste. O breaking é um tipo de dança de rua e parte da cultura do hip-hop. O debate será realizado às 16 horas, no plenário 8.

O Expresso 168 foi criado pela Comissão de Cultura como espaço permanente de diálogo e fiscalização das políticas públicas, na forma de encontros com gestores, produtores e artistas de todas as linguagens para debater a política cultural.

"Os encontros elaborados pelo chamado Expresso 168 já se tornaram parte integrante dos trabalhos que subsidiam essa comissão. Criado em 2013, ficou consolidado como espaço de excelência para que diversos segmentos da sociedade possam se encontrar e debater os mais variados temas que permeiam a Cultura no Brasil", observou a presidente da comissão, deputada Alice Portugal (PCdoB-BA), que pediu o debate.

Debatedores
Foram convidados para a audiência:
- o professor da Federação Mato-grossense de Breaking (FMTB) Wesley de Brito Gonçalves;
- o produtor cultural de hip-hop e break Wanderson Sousa dos Santos;
- representante da Federação de Breaking do Distrito Federal (FB/DF) Roni Cezar da Silva Santos;
- representante da Federação Sul-mato-grossense de Breaking Éverson Prates Gouveia;
- a B-girl do Mato Grosso Kamylla Vieira de Souza;
- o representante do Coletivo Correria Forte (MT) Paulo César dos Anjos Silva; e
- os representantes do Grupo Eletro Break de Goiânia (GO) Luiz Carlos Souza Moreira e Jean Carlos Oliveira Jacino.



Fonte: https://www.camara.leg.br/noticias/826302-comissao-debate-a-cultura-do-breaking-e-do-hip-hop-no-centro-oeste/
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Sugestões
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp