MENU

29/02/2020 às 08h16min - Atualizada em 29/02/2020 às 08h16min

Termina ciclo de reuniões para revisão do Planejamento Estratégico

Da Redação

A Secretaria de Economia e Planejamento (SEP) concluiu, nesta sexta-feira (28), o ciclo de reuniões com equipes de Secretarias e órgãos do Estado visando à revisão do Planejamento Estratégico do Governo do Espírito Santo no período 2020-2022. O último encontro de trabalho foi com a área de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos e contou com a participação da vice-governadora Jaqueline Moraes. As reuniões, iniciadas no dia 14 deste mês, envolveram todas as nove áreas estratégicas da administração estadual.

Participaram do encontro técnico equipes das Secretarias de Direitos Humanos (SEDH); e de Assistência e Desenvolvimento Social (Setades); da Escola de Serviço Público do Espírito Santo (Esesp); do Instituto Jones dos Santos Neves (IJSN); do Instituto de Atendimento Socioeducativo do Espírito Santo (Iases); do Instituto de Tecnologia da Informação e Comunicação do Estado do Espírito Santo (Prodest), da  Agência de Desenvolvimento das Micro e Pequenas Empresas e do Empreendedorismo (Aderes) e do Banco do Estado do Espírito Santo (Banestes).

A vice-governadora ressaltou a importância da gestão fiscal, sem desviar o foco do atendimento às demandas da população. “Gostamos de cuidar de gente e o objetivo desta reunião, principalmente com este eixo estratégico, é manter aquilo que está dando certo e rever o que precisa ser melhorado e o que precisa ser potencializado”, disse Jaqueline Moraes.

Já a secretária de Estado de Direitos Humanos, Nara Borgo, destacou o eixo de proteção social do Programa Estado Presente em Defesa da Vida, coordenado pela SEDH. “Esta é uma oportunidade de reforçar que assim como a proteção policial, a proteção social é essencial para a redução da criminalidade e para o enfrentamento dos fatores que causam vulnerabilidade social, bem como de desenvolvermos projetos que irão colaborar para dar uma vida mais digna à população”, afirmou.

Todo o trabalho de revisão da carteira de programas e projetos do Programa “Realiza+” 2020-2022 vem sendo feito pela Subsecretaria de Planejamento e Projetos da SEP, na qual funciona o Escritório de Projetos do Governo. O “Realiza+” gerencia e monitora as ações estratégicas da administração estadual, buscando ampliar a capacidade do Governo do Estado em executar programas e projetos estratégicos e entregar resultados.

Ao longo dos encontros, a equipe da Subepp se reuniu com secretários, subsecretários, dirigentes de órgãos, pontos focais, gerentes de projetos e técnicos responsáveis pelos indicadores estratégicos para os trabalhos de revisão, análise, seleção e priorização de projetos das secretarias e órgãos. Também houve compartilhamento da análise dos desafios e indicadores estratégicos de cada área.  

Com a revisão do Planejamento Estratégico, o Governo do Estado busca melhorar sua capacidade de entrega de resultados à população capixaba, como afirma o secretário de Estado de Economia e Planejamento, Álvaro Duboc.

A subsecretária da Subepp, Joseane Zoghib, explica que a seleção e priorização dos projetos se fazem necessárias, tendo em vista mudanças de cenários em níveis estadual e nacional, além do alinhamento com o orçamento disponível. “O trabalho que realizamos, em conjunto com as equipes das Secretarias e órgãos, contribui para o Governo aumentar a clareza nas prioridades, agilizar a tomada de decisões, melhorar o foco, direcionar esforços e alcançar melhores resultados, em benefício da sociedade capixaba”, explicou.

A revisão acontece um ano após a aprovação do Planejamento Estratégico, elaborado para os quatro anos da gestão. O plano possui três carteiras estratégicas com um total de 241 projetos e 17 programas, nas nove áreas estratégicas.

O Seminário de Planejamento Estratégico, que contará com participações do governador Renato Casagrande, da vice-governadora Jaqueline Moraes, secretários, subsecretários e dirigentes de órgãos, está previsto para o próximo mês de março. Nele, serão validados indicadores, desafios e metas e a carteira de projetos prioritários do Governo.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Sugestões
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp