MENU

05/02/2020 às 08h00min - Atualizada em 05/02/2020 às 08h00min

Previsão de pancadas de chuva com raios a partir de quinta-feira no ES

Previsão é do Instituto Climatempo; apesar da chuva, o calor e alta umidade devem predominar em todo o Estado

Da Redação
A previsão do tempo aponta que, a partir desta quinta-feira (6), pode voltar a chover em território capixaba, e a chuva deve chegar acompanhada de raios.

De acordo com o Instituto Climatempo, há a possibilidade da formação de uma nova Zona de Convergência do Atlântico Sul (ZCAS), fenômeno típico do verão e responsável pela instabilidade climática que atingiu Rio de Janeiro no final de janeiro.

Josélia Pegorim, meteorologista do Climatempo, explica que nesta quinta-feira (6) o calor e a alta umidade predominam sobre o Estado.

Na faixa litorânea, as pancadas são rápidas e passageiras. No sábado (8), a tendência é para muito sol e chuvas passageiras em toda a faixa leste capixaba, inclusive Vitória.

No Centro-Sul do Espírito Santo, incluindo a Capital e toda a Grande Vitória, o sol aparece a partir da tarde, mas há condições para pancadas de chuva moderada a forte intensidade com raios.

Nas demais áreas, ela afirma que as pancadas de chuva são isoladas e mais fracas. Já na sexta-feira (7), o sol aparece em todo o Estado e faz calor, mas também pode chover fraco.

No oeste capixaba, ainda pode ocorrer pancadas de chuva de moderada a forte intensidade, com raios, a partir da tarde.

Nas demais áreas, pancadas de chuva de moderada a forte intensidade, com raios e rajadas de vento, que podem acontecer a qualquer hora do dia.

Com o aumento da instabilidade, há chance de formação de uma nova Zona de Convergência do Atlântico Sul (ZCAS), conforme previsto no final de janeiro. O fenômeno é apontado por especialistas como o responsável pelas fortes chuvas que atingiram o Espírito Santo, Minas Gerais e Rio de Janeiro no mês passado.

“A ZCAS é uma circulação de ventos específica na atmosfera e depende de uma combinação de alguns sistemas meteorológicos, que devem acontecer ao mesmo tempo, e por no mínimo quatro dias consecutivos. Por isso, ainda não podemos dizer que a formação dela está confirmada”, explicou Josélia.

 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Sugestões
Atendimento
Precisa de ajuda? Fale conosco pelo Whatsapp